LEI DO DEPUTADO CASTELLO BRANCO BENEFICIA CERCA DE 300 MIL REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DE SÃO PAULO

O Deputado Castello Branco entre o Presidente do Conselho Federal dos Representantes Comerciais, Manoel Affonso e o presidente do Core - São Paulo, o Sidney Gutierrez


Por :  Jornalista Walter Brito     

O governador de São Paulo João Dória sancionou o projeto de Lei do Deputado Estadual Castello Branco (PSL-SP), o PL 597/20, que institui o Dia Estadual do Representante Comercial, que agora é a Lei 17.407, no dia 15 de setembro de 2021, publicada no Diário Oficial, no dia 16 de setembro de 2021.  Vale relembrar que o então Presidente da República, o Marechal Humberto de Alencar Castello Branco, proclamou a Lei 4886/65 que reza: "Regula as atividades dos representantes comerciais autônomos, cria o registro dos profissionais, institui como órgãos disciplinadores da profissão os Conselhos Regionais e o Conselho Federal de Representantes Comerciais, além de delimitar normas para os respectivos contratos", o que se deu no dia 9 de dezembro de 1965.  

Destino: O Deputado Castello Branco e o seu tio - avô, o Marechal Castello Branco - juntos, apoiando 300 mil Representantes Comerciais em São Paulo

          

Por uma bela coincidência e justiça do destino, eis que 56 anos depois, o seu sobrinho-neto, o arrojado Deputado Castello Branco dá sequência ao trabalho iniciado pelo tio-avô e beneficia cerca de 300 mil representantes comerciais de São Paulo, no passado conhecidos como caixeiros-viajantes.           

Entrevistamos nesta matéria diversas personalidades, entre as quais o Príncipe e Deputado Federal Luiz Philippe de Orleáns e Braganca, que nos disse que um dos caixeiros-viajantes mais importantes da história humana foi o filósofo e legislador grego Sólon.   Para comemorar o Dia do Representante Comercial no Estado de São Paulo, o Deputado Castello Branco realizou um grande evento nas dependências da Assembleia Legislativa de São Paulo, no Auditório Franco Montoro. A solenidade ocorreu no dia 1º de outubro de 2021. 

O momento do pronunciamento do Presidente do Core - São Paulo, o senhor Sidney Gutierrez

Antes do evento, entrevistamos o presidente do Core - São Paulo, Sidney Fernandes Gutierrez, ao lado de sua assessora, Emanuelle Marizy ( Manu Marizy), e ele disse o seguinte: "O Core é uma autarquia federal e temos 288 mil inscritos em todo o Estado de São Paulo. A nossa diretoria é composta por nove conselheiros no exercício pleno de suas atividades profissionais em seus variados segmentos, eleitos democraticamente pelos nossos representantes comerciais. A nossa primeira gestão teve início no dia 23 de dezembro de 2016, indo até o dia 22 de dezembro de 2019. O novo mandato iniciou no dia 23 de dezembro de 2019 e findará no dia 22 de dezembro de 2022.              

Os inscritos pagam anuidades que variam entre R$ 500,00 e R$ 1.200,00. Entretanto, existem contribuições maiores, de acordo com a estrutura de cada pessoa jurídica. 

A assessora Emanuelle Marizy ( Manu Marizy) e o presidente do Core  - SP  Sidney Gutierrez

No novo Core - São Paulo caiu a obrigatoriedade sindical, quando pedimos intervenção federal e mudamos para melhor o funcionamento prático e também os benefícios que são muito atraentes. Embora a lei seja regulamentada de forma igualitária para todos os estados, o Core São Paulo é o que tem a maior estrutura e obviamente a maior arrecadação do país, e é diferenciado, como também é referência para os demais estados do Brasil, com os quais mantemos um excelente relacionamento, o que não ocorria nas gestões anteriores.                                

A nossa gestão se dá de forma transparente e nossos inscritos são informados de tudo que ocorre em nossa instituição, pois contratamos, por meio de licitação, uma agência de comunicação que mostra de forma profissional e esclarecedora para os nossos inscritos os nossos avanços e benefícios, entre os quais a aquisição de veículos com descontos, entre muitos outros.  

Edifício do Core em São Paulo

 
Momento em que o Presidente Gutierrez, recebe o Príncipe e Deputado Federal Luiz Philippe de Orleáns e Bragança

        

As empresas, por exemplo, ao contratarem um representante, entram em contato com nossa instituição para a verificação da regularidade com o pagamento da anuidade, sua idoneidade e, além disso, só tem direito a voto quem está em dia com o pagamento da anuidade do Core.  Uma outra questão importante se refere ao apoio efetivo que damos aos demais Cores do Brasil, por meio de nosso sistema de comunicação, quando disponibilizamos textos, vídeos, imagens e fotografias. Além disso, ensinamos o caminho do programa de benefícios, o balcão de oportunidades, e dúvidas jurídicas são sanadas por meio de nossa Procuradoria.  Neste caso, tiramos dúvidas de qualquer Core que nos procura nos demais estados do Brasil, lembrando que o nosso interesse é fortalecer nacionalmente a nossa categoria", disse o presidente do Core - São Paulo.                                

Sobre sua trajetória profissional, o presidente afirmou: "Iniciei minhas atividades como representante comercial em minha própria empresa a partir de 1985, quando trabalhei por seis anos. Em 1991 fui trabalhar em uma empresa de artefatos de borrachas, onde permaneço há 30 anos. São artefatos técnicos de borracha automotivos. Na referida empresa, trabalhamos também com a linha branca – produtos hospitalares, inclusive, a parte cirúrgica. Estou muito feliz em termos o direito a nosso favor, pois o profissional habilitado e registrado tem as melhores oportunidades. Neste sentido, estamos ao dispor dos profissionais que ainda não estão inscritos e precisam de maiores informações para fazê-lo.  

O Deputado Castello Branco e o presidente do Core - SP, durante a execução do Hino Nacional, no início da solenidade na Alesp


Aproveito a oportunidade da reportagem para agradecer ao honrado e trabalhador Deputado Castello Branco, que nos foi apresentado por Bruno Zambelli, irmão da Deputada Federal Carla Zambelli.                                   

A Lei que cria o Dia Estadual do Representante Comercial é fruto do empenho pessoal do sobrinho-neto do Marechal Humberto de Alencar Castello Branco, o Deputado Castello Branco, a quem rendemos nossas homenagens.  Trata-se de um parlamentar aguerrido e lutador pelo povo de São Paulo e pelo Brasil", concluiu Sidney Gutierrez!      

O Deputado Castello Branco preside a sessão solene. Ao seu lado direito, a estueta que simboliza o Caixeiro - Viajante

                          

O evento do dia 1º de outubro foi um sucesso e muito bem organizado, tanto pela parte do Core como pela assessoria do Deputado Castello Branco com a estrutura e assessoria da ALESP, inclusive no que diz respeito ao departamento de comunicação daquela Casa de leis, cuja TV ALESP alcança 2 milhões de pessoas por mês, que transmitiu o referido evento. 

O momento em que,  80 convidados entoam o Hino Nacional no Auditório Franco Montoro

 Tanto o Core quanto o Deputado Castello Branco convidaram pessoas que contribuíram efetivamente para o brilhantismo do evento, como autoridades civis e militares, empresários,  representantes comerciais de diversas partes do Estado, 

A palestra do coach Ricardo Ventura foi um show à parte,  a cuja apresentação foi dada o título: Para cada cliente uma venda diferente, com boas dicas para captar e fidelizar sua carteira


o famoso coach e especialista em neurolinguística - Ricardo Ventura, que impressionou a plateia com seus argumentos sobre a importância do Representante Comercial no desenvolvimento do Brasil e o fortalecimento da economia, bem como estratégias de vendas. 

Clara Silberg foi uma das homenageadas na solenidade. Aos 90 anos de idade e 60 anos de atividade profissional, Clara continua na ativa


Também a presença da mais antiga representante comercial no Estado de São Paulo em plena atividade profissional, a senhora Clara Silva Silberg, aos 90 anos de idade e  60 anos no exercício de sua honrada profissão, bem como a presença de presidentes de Cores de outros estados da federação, além da presença do Presidente do Conselho Federal dos Representantes Comerciais, Manoel Affonso Mendes Farias de Mello. Presente também na mesa de autoridades o Príncipe e Deputado Federal Luiz Philippe de Orleáns e Bragança, que foi entrevistado com exclusividade por este escriba da política nacional.  

O Deputado Federal Luiz Philippe - no momento de seu pronunciamento na solenidade do Core - São Paulo


Pedimos ao Deputado Federal do PSL para falar sobre a importância da Representação Comercial. Conhecedor profundo da atividade no Brasil e no mundo, o descendente da princesa Isabel respondeu: "A representação comercial é muito importante e pode ser colocada como prioridade em toda atividade humana. Vale lembrar que o comércio é a ligação entre produto e serviços, ou seja, aqueles que são consumidores e produtores. No momento em que temos uma representação comercial que faz esta ligação, e ao multiplicarmos esses pontos de interação, multiplicamos a venda, multiplicamos o volume de negócios que é feito, e estrutura a economia de um Estado. É de fato uma peça fundamental na economia do Brasil e em qualquer lugar do planeta Terra", disse o Deputado Federal do PSL por São Paulo. 

Pedimos para ele comentar um pequeno trecho da palestra que ele havia feito sobre a história do comércio em Atenas no evento em pauta. Ele não tergiversou e respondeu de pronto, de forma professoral: 

"Como estamos aqui com representantes comerciais, gostaria de citar o grande arconte de Atenas, Sólon, que, na verdade, foi um importante caixeiro-viajante, filósofo e poeta dos bons. Ele viajou toda a região do Peloponeso, toda a Costa do Mediterrâneo, tanto da Europa como da África. Por isso ele aprendeu muito, ao interagir com diversos povos. Ao voltar, ele se tornou um arconte. Então ele resolveu incluir essa categoria de comerciantes dentro do sistema político, no entanto, na época dele, só votava quem tinha terra e grandes propriedades: os artesãos, os produtores, os ferreiros, os comerciantes, caixeiros-viajantes; nenhum desses tinha representação política. Quando Sólon entra para o sistema político como legislador, ele incluiu todos esses. Por isso ele é considerado um dos pais da democracia. Foi a partir daí que ocorreu o boom do comércio e logo na sequência mudou completamente para melhor a cara de Atenas. Mudou a proposta de Atenas, mudou o que era o ateniense, mudaram a cultura e toda a interação com os povos. Houve a concentração de conhecimento que ocorreu em função do comércio forte e organizado e, obviamente, veio a criação da academia e a incrementação dos estudos em todos os setores. Isso o tornou imaculado! Como se vê, bastou um caixeiro-viajante ir pelo mundo para fazer uma transformação estrutural. Deram tanto certo as ideias de Sólon que ele obteve o controle das leis. Literalmente, ele acabou com as leis draconianas. Sólon liberalizou a economia -  2100 anos antes de Adam Smith. Nesta época, Sólon entendia a liberalização da economia como sendo o caminho da grande pujança econômica, da proteção da sociedade, do acúmulo de conhecimento. Sólon é hoje o caixeiro-viajante que se tornou o grande filósofo, o grande estadista", disse o Príncipe. Quanto ao evento e o trabalho empreendido pelo Deputado Castello Branco, ele argumentou: 

"O Deputado Castello Branco está fazendo grandes incursões dentro do Estado para mobilizar pessoas de diversos segmentos da sociedade e fazer mudanças positivas no sentido de multiplicar a economia. Nós temos aqui uma missão muito importante. Estamos em simbiose com muitas das proposituras do Deputado Castello Branco e das ações políticas que ele está comandando aqui no Estado de São Paulo, concluiu o parlamentar do PSL.

Na plateia do Auditório Franco Montoro na Alesp, a esposa do Deputado Castello Branco, a  senhora Cláudia Simonsen Castello Branco e o filho Lorenzo


Entrevistado pela reportagem, o Deputado Castello Branco disse: 

"Deus é misericordioso e muito generoso. Apesar das adversidades, como a pandemia que em São Paulo e no Brasil  deixou o nosso povo triste, inclusive com  milhares que perderam a vida. No que diz respeito a economia, especialmente em São Paulo, que  ficou em frangalhos,  ainda assim, conseguimos mobilizar pessoas de diversos estados da federação, como presidentes dos Cores de outros estados, o presidente do Conselho Federal dos Representantes Comerciais, o dr. Manoel Affonso de Farias Mello, que mora no Rio de Janeiro, e muitos outros. Parabenizo o presidente do Core de São Paulo, Sidney Gutierrez, e sua assessora Emanuelle Marizy ( Manu Marizy) pelo empenho, a organização e a capacidade de mobilização de bons quadros para esse evento histórico, juntos com a equipe do meu gabinete, o apoio da TV ALESP e toda a estrutura de nossa Assembleia de São Paulo, que é a maior do Brasil, além do apoio efetivo de meus pares, que nos ajudaram a aprovar o nosso PL, agora Lei, a favor de 300 mil representantes comerciais de São Paulo, data em que a partir de agora - será comemorada em todo primeiro de outubro. Agradeço mais uma vez a Deus e concluo com a frase do professor Henrique José de Souza: " A esperança da colheita reside na semente", concluiu Castello Branco.