Vem aí a Avenida dos Ipês no Setor Noroeste

A ideia é apelidar oficialmente uma das principais avenidas do Plano Piloto de Avenida dos Ipês

Foto: Renato Alves.

O deputado Delmasso (Republicanos), o vice-presidente da Câmara Legislativa, propôs o projeto de lei n.º 2.641/22, para homenagear a principal rua do Noroeste. A avenida W9, que levou anos para ser inaugurada será apelidada oficialmente como "Avenida dos Ipês".

Para Leila Ornelas, Secretária Executiva de Juventude do DF, é justificável nomear a W9 como avenida dos Ipês porque humaniza a via e o bairro, "é uma das principais avenidas do Noroeste e com esse nome, aproximaremos mais ainda o bairro da beleza de Brasília. É lindo a florada dos Ipês e esse nome trará aconchego para os moradores", afirmou.

Delmasso lembra que "a avenida é uma demanda antiga de moradores da região, assim como um antigo anseio do setor produtivo local. A obra ficou parada desde 2004 aguardando uma conciliação entre os poderes públicos e comunidades indígenas, que ocupavam um trecho da área onde passa a via", afirmou.

Ainda segundo a secretária executiva, foram plantadas mais de 250 mudas dos Ipês no decorrer da via, o que também justifica a escolha do nome, "os Ipês são a cara de Brasília. Não sei quais são os mais bonitos, os amarelos, os que são rosas, os brancos. São uma manifestação da glória de Deus. Por isso, acho a propositura louvável e o Noroeste só tem a ganhar", disse Leila.

A espécie é considerada símbolo de Brasília e, durante uma época do ano, dão cores às ruas e gramas secas da capital. Segundo a Novacap, existem cerca de 250 mil ipês no Distrito Federal de cinco cores diferentes: roxa, amarela, branca, rosa e verde. Centenas deles devem ser plantados ao longo da via.