Sistema Corumbá beneficiará 1,3 milhão de habitantes no DF e em Goiás

O complexo, que está entre os maiores empreendimentos de saneamento do país, será inaugurado na próxima quarta-feira (6)

Foto: Renato Alves.

O Sistema Produtor Corumbá, uma obra de grandes proporções e um dos maiores desafios nacionais de saneamento, será inaugurado na próxima quarta-feira (6). A cerimônia, que terá início às 11h, na Estação de Tratamento de Água Corumbá, contará com a presença dos governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e de Goiás, Ronaldo Caiado, e dos presidentes das companhias de saneamento do DF (Caesb), Pedro Cardoso, e de Goiás (Saneago), Ricardo Soavinski.

A cerimônia de inauguração do Sistema Produtor Corumbá será realizada na próxima quarta (6), às 11h, na Estação de Tratamento de Água Corumbá | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O Sistema Produtor de Água do Corumbá é um conjunto de obras para captação de água no reservatório de Corumbá IV, com estruturas de tratamento para que a água se torne potável e seja, assim, distribuída para a população do Distrito Federal e de Goiás. No total, cerca de 1,3 milhão de habitantes serão abastecidos.

Na primeira etapa da obra foram investidos cerca de R$ 500 milhões. O Sistema Corumbá vem suprir a necessidade de adoção de novos mananciais de abastecimento de água para o DF, diante do crescimento da população, possibilitando à região dar continuidade ao seu desenvolvimento.

O sistema reforça e amplia o abastecimento de água tratada da região sul do DF, que inclui as cidades de Santa Maria, Gama, Recanto das Emas e Riacho Fundo II, além de áreas em processo de consolidação como o Setor Habitacional Ponte de Terra e o Setor Meirelles

Com sua entrada em operação, o sistema reforça e amplia o abastecimento de água tratada da região sul do Distrito Federal, que inclui as cidades de Santa Maria, Gama, Recanto das Emas e Riacho Fundo II, além de áreas em processo de consolidação como o Setor Habitacional Ponte de Terra e o Setor Meirelles.

Indiretamente, toda a parcela oeste do DF e a cidade de Águas Lindas de Goiás também serão beneficiadas, com a geração de excedentes no Sistema Descoberto. Em Goiás, serão beneficiados os municípios de Luziânia, Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental e Novo Gama.

O ponto de captação de água no reservatório de Corumbá IV fica em Luziânia (GO), em uma área coberta pelo lago de 173 km2.  A partir dessa etapa, a água passa pela Elevatória de Água Bruta  e segue caminho, por meio de adutoras, até a Estação de Tratamento de Água Corumbá. Na sequência, a água é encaminhada por meio de redes de distribuição para Goiás e o Distrito Federal.

Obras realizadas

A Caesb e a Saneago executaram juntas a adutora de água bruta do empreendimento, composto por uma tubulação de aço com diâmetro de 1.200 mm e capacidade de 2.800 litros/segundo. Foram feitos 12,3 km de tubulação junto à captação de água, sob a responsabilidade da Saneago, e 15,4 km até a Estação de Tratamento de Água Corumbá, executados pela Caesb.

Leia também
Brasília sobe cinco posições no ranking nacional do saneamento básico
Restaurantes comunitários celebram Dia Mundial da Água
Aplicativo da Caesb tem novas funcionalidades

A captação e a Estação Elevatória de Água Bruta, que possuem quatro conjuntos de bombas centrífugas, motores de 5.700 cv e capacidade de 2.800 litros/segundo de água, foram executadas pela Saneago, bem como 34 km de linhas de transmissão e uma subestação elétrica 138 kV.

Já a Estação de Tratamento de Água Corumbá (ETA), as elevatórias e as adutoras de água tratada foram construídas pela Caesb. A ETA Corumbá tem capacidade para tratar até 2.800 litros/segundo de água na primeira etapa, e usará processo de tratamento por coagulação, floculação, clarificação e filtração. Dentro do DF, a água será bombeada até a cidade de Santa Maria, de onde será distribuída para a população.

Serviço

Inauguração do Sistema Produtor Corumbá
Data: 6 de abril, às 11h.
Local: Estação de Tratamento de Água de Corumbá.