Projeto Amor Cantado realiza campanha sobre o Dia Mundial do Combate à Tuberculose

 Doença ainda mata cerca de 4,6 mil pessoas no Brasil 

Foto: Divulgação

Criada em 1982 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial do Combate à Tuberculose homenageia os 100 anos do descobrimento do bacilo causador da doença (Mycobacterium tuberculosis), em 24 de março de 1882. Estimativas da Organização Mundial da Saúde mostram que o Brasil ocupa o 17° lugar entre os 23 países responsáveis por 82% dos casos de tuberculose no mundo. 

Só em 2020, de acordo com o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, o país registrou 66.819 novos casos da doença, com um coeficiente de incidência de 31,6 casos por 100 mil habitantes. O dado é preocupante, pois mesmo se tratando de uma doença que pode ser prevenida, tratada e curada, ainda mata cerca de 4,5 mil pessoas todo ano no país. 

Para conscientizar os telespectadores, a live do projeto Amor Cantado – Acolhimento Musical desta quarta-feira, 23, exibido simultaneamente para os Hospitais Estaduais de Trindade (Hetrin), Luziânia (HEL), Formosa (HEF) e São Luís de Montes Belos (HESLMB) foi dedicado ao tema. Para Hercílio Ramos, engenheiro e cantor e apresentador voluntário do programa, é possível fazer com que exista uma diminuição no número de casos, mas para isso é necessário expandir o acesso à informação e conscientização de toda a população. “Esse é o nosso papel. Apresentamos semanalmente a live para que as pessoas conheçam um pouco mais questões importantes sobre saúde pública”, afirma. 

Em casos de suspeita da doença, a pessoa deve buscar auxílio médico imediatamente, pois a doença é altamente infecciosa. Os principais sintomas são febre pela manhã, tosse persistente, perda de peso e sudorese noturna (transpiração significativa durante o sono). O tratamento medicamentoso é gratuito e ofertado pelo Sistema Único de Saúde.

A vacina contra doença também é distribuída gratuitamente pelo SUS. A recomendação do Ministério da Saúde é que o imunizante seja administrado em recém-nascidos, podendo ser ofertada para crianças de até quatro anos de idade – que não foi vacinada anteriormente.  

"A tuberculose ainda afeta muitos brasileiros e, infelizmente, não possui uma forte adesão aos tratamentos preventivos, o que acaba enfatizando mais ainda a doença. Por isso dedicamos o Amor Cantado desta semana para conscientizar a população. Amanhã, 24 de março, também distribuiremos material informativo digital para todos os profissionais dos hospitais geridos pelo IMED", finaliza o diretor do Instituto, Getro de Oliveira Pádua.