BB cria programa de experimentação e novas tecnologias – Lentes BB

Blockchain é a primeira tecnologia selecionada para experimentos em parceria com a startup GoLedger



O Banco do Brasil anuncia o Lentes BB, novo programa de inovação aberta que visa aplicar tecnologias digitais emergentes em novos modelos de negócio, melhores experiências e ganhos de eficiência. O programa será executado por meio de laboratórios, físicos ou virtuais, que irão unir empreendedorismo, capacitação e tecnologia, sempre com apoio de parceiros (startups, universidades e outras corporações) especialistas nos temas e tecnologias abordadas.

Para iniciar essa jornada, o primeiro laboratório do Banco neste programa será focado em blockchain. Terá como escopo identificar, validar e prototipar oportunidades que possam se beneficiar dessa tecnologia, que tende a se consolidar como principal meio de validação de informações em meio digital pelo uso de computação descentralizada e tokenização.

O Lentes BB – Blockchain será implementado em parceria com a startup GoLedger, especializada em desenvolver blockchains privados e permissionados, sob demanda, e, a única no Brasil, a disponibilizar um orquestrador do tipo "no-code", que permite aos usuários construir soluções sem conhecimento avançado em linguagens de programação.

O blockchain é uma tecnologia importante e que tende a se popularizar cada vez mais porque permite que duas ou mais pessoas, empresas ou computadores, que podem ou não se conhecer, troquem valor em ambientes digitais – em uma transação monetária, informação ou outra troca de ativos – sem intermediário. A tecnologia possibilita transações financeiras descentralizadas conhecidas como DeFi, que permite, por exemplo, a realização de contratos inteligentes em plataforma de empréstimos peer-to-peer.

"Um dos pilares de nossa estratégia de inovação aberta envolve a ativação de laboratórios de inovação focados na identificação e habilitação de tecnologias emergentes com potencial de gerar eficiência, novas receitas e melhores experiências aos nossos clientes", afirma Pedro Bramont, diretor de negócios digitais do Banco do Brasil. "Nosso propósito é colocar a tecnologia a serviço do cliente, que está no centro de nossas decisões. Hoje, blockchain é uma das tecnologias que permite criar processos e serviços mais eficientes, interoperáveis e seguros. Essa iniciativa nos permitirá aumentar o uso desta tecnologia e assim acelerar nossa estratégia digital e tecnológica", avalia Rodrigo Mulinari, diretor de tecnologia do BB.

A parceria BB e GoLedger prevê capacitação, mentoria e prototipação em infraestrutura de nuvem. "O BB demonstra o seu compromisso com a melhoria contínua de seus serviços, bem como a visão de colocar um banco bicentenário na vanguarda da transformação digital no país. Para nós é uma honra poder fazer parte desse momento tão significativo", comemora Otávio Soares, COO da GoLedger.

A GoLedger é finalista do Prêmio Nacional de Inovação, uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Depois de blockchain, o Lentes BB irá ampliar sua atuação para outros temas relevantes como 5G, agronegócios, IoT e inteligência artificial.

Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br